Art. 142 Compete ao Departamento dos Centros de Referência de Assistência Social e às Divisões de Coordenação dos Centros de Referência de Assistência Social: (Redação dada pela Lei nº 1811/2015)

  • 1. articular, acompanhar e avaliar o processo de implantação do CRAS e a implementação dos programas, serviços, projetos da proteção social básica operacionalizadas nessa unidade;
  • 2. coordenar a execução, o monitoramento, o registro e a avaliação das ações;
  • 3. acompanhar e avaliar os procedimentos para a garantia da referência e contra-referência do CRAS;
  • 4. coordenar a execução das ações de forma a manter o diálogo e a participação dos profissionais e das famílias, inseridas nos serviços ofertados pelo CRAS e pela rede prestadora de serviços no território;
  • 5. definir com a equipe de profissionais critérios de inclusão, acompanhamento e desligamento das famílias;
  • 6. definir com a equipe de profissionais o fluxo de entrada, acompanhamento, monitoramento, avaliação e desligamento das famílias;
  • 7. definir com a equipe técnica os meios e os ferramentais teórico-metodológicos de trabalho social com famílias e os serviços socioeducativos de convívio;
  • 8. avaliar sistematicamente, com a equipe de referência dos CRAS, a eficácia, eficiência e os impactos dos programas, serviços e projetos na qualidade de vida dos usuários;
  • 9. efetuar ações de mapeamento, articulação e potencialização da rede socioassistencial e das demais políticas públicas no território de abrangência do CRAS;
  • 10. articular as ações junto à política de Assistência Social e às outras políticas públicas visando fortalecimento da rede de serviços de Proteção Social Básica;
  • 11. zelar pela conservação dos bens patrimoniais, móveis e imóveis destinados à execução dos respectivos serviços, sugerindo sua manutenção quando necessários;
  • 12. encaminhar mensalmente os relatórios à Direção Geral;
  • 13. zelar pelo cumprimento das normas e regras da instituição;
  • 14. proferir despachos interlocutórios em processos de sua competência ;
  • 15. participar no processo de avaliação funcional dos servidores lotados nas unidades de atendimento, junto com os respectivos Diretores gerentes;
  • 16. requisitar ao setor competente, o material necessário ao desenvolvimento de atividades das unidades sob sua responsabilidade;
  • 17. outras atividades correlatas.
  • /var/www/html/wiki/data/pages/divisao_de_coordenacao_do_centro_de_referencia_da_assistencia_social_cras_-_albatroz.txt
  • Última modificação: 2018/08/15 13:23
  • por miria