Art. 148 Compete ao Departamento de Alta Complexidade: (Redação dada pela Lei nº 1811/2015)

  • 1. planejar, desenvolver, monitorar e avaliar os serviços sócio-assistenciais especializados de atendimento ao alvo da política de assistência social afetos a serviços de alta complexidade;
  • 2. acompanhar e avaliar as ações para atendimento à população em regime de atendimento institucional integral;
  • 3. supervisionar, subsidiar e apoiar as equipes pertinentes aos serviços, ações, programas e projetos sócio-assistenciais especializados no desenvolvimento das ações de proteção social especial;
  • 4. subsidiar a Diretoria com indicadores operacionais e de resultados, buscando medir a eficiência e eficácia das ações realizadas, contribuindo para a tomada de decisões;
  • 5. monitorar a execução dos serviços, programas, projetos e convênios de cooperação técnica e financeira nas modalidades de atendimento institucional integral, verificando o cumprimento do objeto e metas pactuadas;
  • 6. assessorar e acompanhar as equipes das ações,serviços, projetos e programas de proteção social de alta complexidade no monitoramento e supervisão;
  • 7. identificar as necessidades de capacitação, em conjunto com os demais setores, para subsidiar a área de recursos humanos na elaboração do Plano de Capacitação do PCCS da Prefeitura Municipal;
  • 8. acompanhar e executar as deliberações dos conselhos afetos a sua áreas de competência; Supervisionar tecnicamente as ações, de acordo com as diretrizes estabelecidas;
  • 9. acompanhar o desenvolvimento da proposta de capacitação dos profissionais que atuam nos programas, conforme necessidades identificadas;
  • 10. analisar e repassar os indicador operacionais e de resultados, possibilitando a elaboração de planejamentos específicos;
  • 11. acompanhar e avaliar os convênios de cooperação técnica e financeira relativos à área;
  • 12. gerenciar técnica e administrativamente as ações desenvolvidas pelas Unidades, de acordo com as diretrizes através do Regimento Interno estabelecido pela Secretaria de Assistência Social, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e Conselho Tutelar;
  • 13. monitorar e avaliar as Unidades, emitindo relatórios, subsidiando a tomada de decisões;
  • 14. acompanhar e orientar as atividades desenvolvidas pelas equipes nas unidades que lhe são subordinadas;
  • 15. propor ações que objetivem a formação continuada das equipes com vistas a melhor qualificação dos serviços;
  • 16. participar de reuniões com suas equipes e demais diretorias visando a adoção de estratégias que qualifiquem o trabalho;
  • 17. desenvolver outras atividades afins, no âmbito de sua competência. (Redação dada pela Lei nº 1589/2013)
  • /var/www/html/wiki/data/pages/departamento_de_alta_complexidade.txt
  • Última modificação: 2018/08/15 10:57
  • por miria